Pesquisa da Fundação Perseu Abramo revela que violência institucional ainda ocorre com 15% das gestantes

Pesquisa da Fundação Perseu Abramo revela que o parto humanizado e consciente ainda está distante de uma importante parcela das gestantes brasileiras. De acordo com o estudo “Evolução do Pensamento e do Papel da Mulher na Sociedade”, 15% das mulheres que tiveram partos naturais sofreram algum tipo de violência institucional.

Entre as mulheres que tiveram filhos naturais (71% da amostra), a maioria fez parto(s) só na rede pública (68%), 16% na rede privada, 8% em ambas e 9% em casa ou outros locais.

Afirmaram terem sofrido “algum desrespeito ou maltrato ao procurar assistência em maternidades ou em atendimento pré-natal” 15% das mulheres que tiveram filho/a(s) natural(is).

Em resposta a diferentes formas de violência institucional, no entanto, uma em cada quatro (25%) relatou ter sofrido, na hora do parto, ao menos uma entre 10 modalidades de violência sugeridas – com destaque para exame de toque doloroso (10%), negativa para alívio da dor (10%), não explicação para procedimentos adotados (9%), gritos de profissionais ao ser atendida (9%), negativa de atendimento (8%) e xingamentos ou humilhações (7%).

Ainda cerca de uma em cada quatro (23%) ouviu de algum profissional algo como:

  •  “não chora que ano eu vem você está aqui de novo” (15%);
  •  “na hora de fazer não chorou, não chamou a mamãe” (14%);
  •  “se gritar eu paro e não vou te atender” (6%);
  •  “se ficar gritando vai fazer mal pro neném, ele vai nascer surdo” (5%).
 Para ler o capítulo completo, clique aqui.
Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: