• Reconhecimento e direitos

    “No Brasil, anualmente, são realizados, em média, 41 mil partos domiciliares, desses a maioria é assistido por parteiras tradicionais. Mesmo sendo dados subnotificados ao Sistema de Informação à Saúde do Ministério da Saúde (DATASUS), os números nos mostram que as parteiras tradicionais existem e que seus trabalhos deveriam estar dentre as preocupações de gestores e profissionais de saúde de todas as regiões, principalmente Norte, Centro Oeste e Nordeste. Além disso, o parto domiciliar assistido por parteira tradicional é um direito reprodutivo reconhecido por autoridades nacionais e internacionais de saúde, porém a existência de Marcos Legais no Brasil que respaldam a implantação de políticas de inclusão do trabalho desenvolvido por parteiras tradicionais, não tem, no entanto, se revertido em mudanças significativas na qualidade de vida dessas mulheres guerreiras”, Paula Viana, Grupo Curumim.

Amapá sediará encontro internacional de parteiras

O Governo do Estado do Amapá vai realizar, entre os dias 22 a 26 de maio, o II Encontro Internacional das Parteiras. O evento está sendo organizado pelas Secretarias de Inclusão e Mobilização Social, de Saúde e IEPA (Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá). 93 parteiras tradicionais do Amapá vão ser … Continuar a ler

Como as parteiras podem ajudar a melhorar o SUS?

Soraya Fleischer Professora do Departamento de Antropologia da Universidade de Brasília E-mail: soraya@unb.br Durante os anos de 2004 e 2005, eu morei em algumas cidades do Pará, como Belém, Breves e Melgaço. Antes disso, eu tinha morado alguns meses em Olinda/PE e Novo Cruzeiro/MG, Oliveira dos Campinhos/BA e nas cidades de Antigua e Quetzaltenango na … Continuar a ler

“Ser parteira é uma doação”

Por Laís Ferreira Dona de um sorriso tímido e traços indígenas, Alice Rodrigues de Oliveira Lima é uma das muitas mulheres guerreiras que vivem no Sítio Saco Verde, zona rural de Trindade, no sertão de Pernambuco. E ela seria apenas mais uma se não fosse os mais de 500 filhos e afilhados que possui na … Continuar a ler

Maio, mês da Parteira!

No mês em que se comemora o Dia Internacional da Parteira (05 de maio), o Grupo Curumim vai publicar depoimentos de pessoas que trabalham, convivem ou admiram o trabalho das parteiras, reconhecendo sua importância, principalmente nas comunidade mais pobres. De hoje até a próxima segunda-feira (05), você vai acompanhar aqui, em nosso perfil no twitter, … Continuar a ler

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 34 outros seguidores